Rodrigo

Professor, Preparador corporal e Bailarino

Contato Improvisação

  • Biografia

Prof de Yoga há 25 anos, faixa preta de Judô e dançarino de Contato Improvisação há mais de 10 anos. ​ Eterno estudante de Educação Somática (comecei em 93 com Klauss Vianna e Zé Maria; GDS (Cadeias Musculares) com Ivaldo Bertazzo; BMC (Body Mind Centering) com Tarina Quelho, além de aulas de Feldenkrais, Eutonia, T

cnica de Alexander, Axis Syllabus, com diversos profes).

_________________ ​

ARTES MARCIAIS

Aos 5 anos entrei no Judô e lutei por 10 anos (até a faixa preta) - conquistei várias medalhas, troféus e títulos, mas não estava satisfeito… ainda não era exatamente o que eu buscava… Anos depois, tive uma protrusão de disco fazendo acrobacias e fiquei sabendo de um japonês que "destravava" as pessoas… Então conheci o Haga - meu primeiro "guru" - um senhor japonês com os olhos mais brilhantes que já vi! Era judoca no Japão e veio aos 18 anos para o Brasil fugindo da guerra e se estabeleceu num sítio em Botucatu (minha cidade natal). Ficou conhecido na região por curar pessoas com problemas de coluna e ele realmente me salvou e ensinou muito sobre a vida e a essência esotérica do judô e do Budô (caminho do guerreiro). Nossa relação parecia muito com a do Daniel San e Sr Myagi do clássico Karate Kid. Depois disso, experimentei outras várias modalidades como Tai Chi Chuan, Kung Fu, Capoeira, Jiu Jitsu, Tae Kwon Do e MMA. Hoje estudo/pratico Aikidô e Systema que são na minha opinião, as artes marciais mais inteligentes e alinhadas com a minha visão sistêmica de mundo.

_________________ ​

DANÇA & EDUCAÇÃO SOMÁTICA

Ainda no interior como auto-didata, aprendi a dançar Street Dance na rua, literalmente. Assistia a MTV e junto com amigos, imitava os dançarinos nos clipes de rap. Acabei pegando gosto. Nessa mesma época, comecei a cursar Teatro para lidar com a timidez. Aos 18 me mudei pra São Paulo para aprofundar os estudos e quem sabe, viver de arte. O primeiro curso que fiz foi a Oficina dos Menestréis com Oswaldo Montenegro, onde a gente trabalhava essencialmente o resgate do instinto. Descobri uma certa vocação e acabei fazendo meu primeiro espetáculo Musical escrito e dirigido pelo próprio - o Noturno. Logo após, integrei a Cia do Lobo trabalhando como ator/dançarino em Musicais de Wolf Maia como Blue Jeans e Splish Splash, ao lado de famosos atores e atrizes globais. Neste período aprimorei minha expressão corporal pois fazia aulas com os melhores profs de dança de São paulo da época (Jazz, Clássica e Contemporânea) além de Pilates e Feldenkrais. Tive o prazer de aprender com mestres como Klauss Vianna, Ivaldo Bertazzo, Zé Maria e Lu Favoretto. Foi um período inspirador! Depois passei a frequentar o Studio Nova Dança no Bixiga, onde mergulhei no ambiente de Educação Somática e Contato Improvisação.

_________________ ​

YOGA & MOVIMENTOS PRIMITIVOS

No mesmo período que trabalhava nos Musicais, conheci o Yoga. A princípio foi a pesquisa corporal mais consciente e profunda que me motivou, mas conforme fui aprofundando a prática, comecei a encontrar novos tesouros (interiores) escondidos… a ligação corpo/mente/alma. Gostei tanto que de cara entrei num curso de formação e quando me formei, já comecei a lecionar e desde então se tornou minha profissão. Aqui também tive a benção de aprender com os melhores como Pedro Kupfer, Kalidas, Dharma Mitra, Cameron Shane, Shiva Rea e Edson Moreira entre outros. Fiz formação de Swasthya, Iyengar, Asthanga Vinyasa e Budokon Yoga. Dei aulas de yoga nas melhores academias tais como: BodyTech, Reebok, Formula, Cia Athelica, Competition e Bio Ritmo. E nas melhores escolas tais como YogaFlow, CIYMAM, GAM e YogaArt ​ Como yogi, conheci o Vajra Mushti - uma arte marcial da Índia, baseada no movimento dos animais. Aprendi com o mestre Jo Azer, o mesmo que ensinou Orlando Cani, o criador da Bioginástica e Alvaro Romano, criador da Ginástica Natural. Desde 2005, integro o Sangha - um coletivo de praticantes e profs de Kempo Indiano (apelido ocidental do Vajra Mushti). Com frequência, praticamos juntos e fazemos performances. Recentemente conheci o MovNat (criado por Erwan Le Corre) e faço parte de um grupo de brasileiros que praticam e fomentam esse movimento por aqui. 

_________________ ​

CULTURA DO MOVIMENTO

Atualmente vivemos um momento único na história da humanidade: Temos acesso a praticamente todas as culturas do mundo. No passado, a maior parte das pessoas viviam a vida toda no mesmo lugar que nasceu e portanto só entrava em contato com a cultura local. Então naturalmente as práticas eram aquelas que sua tribo ou comunidade tinha a lhe oferecer. Hoje podemos fazer um estudo inter e transcultural de práticas humanas tais como yoga(s), artes marciais, danças, ginástica, funcional, etc em sinergia com a ciência do movimento humano e vislumbrar um novo patamar de qualidade de movimentação. E. assim como na música e artes em geral, misturar elementos de culturas diferentes pode ser muito rico se houver bom senso e respeito a essência presente nas suas origens. Essa é a principal meta do meu trabalho atualmente, evoluir recombinando padrões de movimentos, porém sempre honrando a fonte. ​ Tenho sido inspirado/provocado pela filosofia de vida e exemplo do Ido Portal e desde então, minha maneira de me mover tem mudado significativamente.

_________________ ​

SER

Eu sou. Não me defino como um yogi, artista marcial ou mesmo como um dançarino. Amo e me dedico a essas atividades e várias outras como Capoeira, Parkour e acrobacias... entretanto amo ainda mais a possibilidade de combiná-las de forma criativa e sinérgica criando um ”blend” único a cada vez. Minha motivação é me desenvolver como ser humano e não ser bem sucedido. Não me vejo como um especialista em nada e sim como um eterno aprendiz que não perdeu a curiosidade e o frescor da brincadeira. Sou orientado pela expansão da consciência e liberdade que experimento ao me mover. ​ Sou, simplesmente soul.

Imagens
Entre em contato