Vermelha

por Liana Zakia

espetáculo | Dança Contemporânea

Corpo em lombada. Como manter-se em meio ao caos. Não calmo, não doce, não estável. É possível ser estável? Onde moram os meus rompantes? Que qualidade de corpo tem esses rompantes? São visíveis? Pequenos gestos que tomam corpo e intensidade e modificam o estado do todo e a forma. Dançar por um mar mais calmo. Um estado de contração, a boca tende a abrir, parece choro. É choro? Índice de presença e ausência em fluxo constante de um piscar de olhos.

Concepção, Criação e Atuação: Liana Zakia | Trilha Sonora: Danilo Pêra | Figurino: Emília Reily I Classificação: 12 anos | Duração: 50 minutos


Entre em contato
Localização