TROVAS um filme de dança de Paula Petreca e Well Darwin

por Paula Petreca e Well Darwin

Filme | Todos os estilos de dança

Estreia com bate-papo: 21/10 às 20h

Temporada: 21 a 24/10, quinta a domingo às 20h

Ingressos gratuitos: https://www.sympla.com.br/portalmud


Seres endiabrados, animais gregários, sereias, navegantes, monstros marinhos, velhas senhoras e a presença estrangeira são figuras que emergem no corpo da bailarina, que como uma trovadora narra com suas danças atos de paixão e desventura. Trovas é um solo de dança em três atos, em cada um deles, mitos da cultura lusitana são revisitados expondo tensões com outras culturas, relacionadas ao processo colonial e a complexa expansão marítima, abrindo o corpo da intérprete para lidar com contradições e afetos que marcam seu corpo no encontro com ancestralidades e questionamentos históricos.

Partindo de uma pesquisa confessional e autobiográfica, Trovas é uma tentativa de elaborar as conexões da intérprete com Portugal, partindo de sua experiência como migrante e abrindo-se aos atravessamentos e anacronismos que é todo encontro com um fantasma. Encontrar uma história pessoal, ressoando dimensões coletivas desperta perguntas sobre o que são as coisas que consideramos familiares, quais são os imaginários que nos despertam sensações como curiosidade, medo, ternura, afastamento, e o quanto essas construções são subjetivas ou culturais. Em um processo de estudo que já leva alguns anos, a criação desse solo tem atravessado estudos de danças tradicionais portuguesas, leitura de contos, fábulas e narrativas medievais, a coleção de bestiários, mapas geográficos e atlas anatômicos produzidos entre os séculos XIII e XVI, e também a memória de histórias de encontros com pessoas portuguesas, angolanas, cabo-verdianas, moçambicanas, guinenses, de são tomé e príncipe, da índia, de macau, da espanha, da bulgária e da roménia, na cidade de Lisboa, nos quatro anos lá vividos e nas visitas até lá feitas. Trovas remexe fatos e ficções dessas viagens transatlânticas. Você acredita que é possível se apaixonar por um lugar? E se esse lugar despertar a dor de ancestrais dos quais você não sabe nem o nome? Você viveria movida a uma paixão desagradável? Convido a que respondam a essa pergunta viúvas, sereias, cabras sem rebanho e estrangeiras/ viajantes.

Esse trabalho tem sido criado de maneira independente através de Residências Artísticas nos seguintes projetos: Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo (2019), Escola Livre de Dança de Santo André (2019), Polo Cultural das Gaivotas-Boavista - Câmara Municipal de Lisboa (2020), e LARGO Residências de Lisboa (2020). Para a realização do formato filme que estreamos agora, esse projeto contou com recursos federais da Lei Emergencial Aldir Blanc (2020) tendo sido contemplado com o Prêmio por Histórico de Realização em Dança na Cidade de São Bernardo do Campo - Brasil.


FICHA TECNICA

Performance e Elenco: Paula Petreca

Direção e Roteiro: Paula Petreca e Well Darwin

Direção de Fotografia e Câmera: Andreia Justino

Edição de Som e Mixagem: Flávia K

Técnico de Som: Leonard Almeida

Correção de cor: Sérgio Gag

Dramaturgia Holística: Alexandre Magno Emiliano Manso

Trilha Sonora original:

Marcos Till - performance/ dança

Eduardo Bonzatto - trilha incidental/ filme

Figurino: Ateliê Vivo (Gabriela Cherubini, Flavia Lobo de Felício, Carolina Cherubini, Andrea Guerra)

Produção: Paula Petreca e Well Darwin

Produção Executiva: Paula Petreca

Assistente de produção: Stela Ramos

Concepção e idéia original: Paula Petreca


Agradecimentos

Adriana Menezes, Andrei Tarkovski, Bruna Betito, Bruna Petreca, Camila Bosso, Carolina Mendonça, Dona Conceição, Emilene Gutierrez, Fabio Venturini, Gilka Verana, Grupo Folclórico da Casa De Portugal em São Paulo, Helena Felipe, Janaina Leite, Jean-Luc Godard, Joana Louçã, José Luís Costa, Juliana Alves, Karlla Girotto, Lúcia Kakazu, Luis Ferron, Marcos Lucena, Mamma Lynch, Margarida Agostinho, Mariana Sancar, Michel Giacometti, Nardo Negreiros, Nemias Albuquerque, Nicolau Ferreira, Renato Henrique Teixeira, Rodrig Rodrigues, Sérgio Gag, Sofia Neuparth, Talita Bretas, Toni Nogueira, Valentina Parravicini


Apoio

Residências Artísticas - Centro de Referência da Dança da Cidade de São Paulo (2019)

Escola Livre de Dança de Santo André (2019)

Polo Cultural das Gaivotas-Boavista - Câmara Municipal de Lisboa (2020)

LARGO Residências de Lisboa (2020).

Secretaria de Cultura e Juventude do Município de São Bernardo do Campo

Parque Chácara Silvestre -  São Bernardo do Campo

iExperiments85 - Portal do Cinema do Caos

  • De 21/10/2021 até 24/10/2021
  • Domingo: 20:00 - 21:00
  • Quinta-feira: 20:00 - 21:00
  • Sexta-feira: 20:00 - 21:00
  • Sábado: 20:00 - 21:00
  • Entrada gratuita
  • livre
  • Website: https://www.sympla.com.br/portalmud
  • Local: Online
  • Endereço: Online,
  • Acessibilidade: Não