Terça-Crespa

por Cia Os Crespos

roda de conversa | Dança Contemporânea

Estética, política, teoria e ativismo no Teatro Negro brasileiro, são os temas deste projeto da Cia Os Crespos, que, em 2019, completa 14 anos de atividades ininterruptas na Cidade de São Paulo, integrando uma rede nacional que compõe as muitas poéticas do Teatro Negro brasileiro.

A Terça  Crespa, é o encontro de artistas negros do teatro, dança, literatura e da performance, para formação de público, intercâmbio, discussão e construção de material crítico sobre os trabalhos que vêm sendo desenvolvidos por esses artistas, dentro do panorama do teatro nacional. 

O projeto, em parceria com Centro Cultural São Paulo, nasce da “Segunda Crespa”, encontro organizado pelos Crespos, que juntamente com a “Segunda Preta”, de Belo Horizonte, a “Segunda Black”, do Rio de Janeiro, e a “A Cena tá Preta”, de Salvador, fazem parte de um movimento nacional de fortalecimento da cena negra.

A programação conta com mostras curtas de cenas e performances, leitura de trechos de textos teatrais, reflexão dos artistas convidados sobre os trabalhos e conversas com o público sobre os temas discutidos em cada encontro.  


Dia 06/08/2019 - Os desafios do teatro negro no Brasil da Exceção 

Artistas, intelectuais e militantes negros que participam da cena paulista discutem questões como mercado e circuitos culturais, cortes em políticas públicas, estratégias de sobrevivência e continuidade. Com mostra de trechos de trabalhos e leitura de obras atuais que friccionam nossa atualidade política e a presença do corpo negro. 


Dia 20/08/2019 - Teatro Negro e performatividade

Cenas curtas de trabalhos de algumas companias de teatro Negro e artistas performáticos abrem espaço para a discussão sobre a elaboração do corpo negro em cena, dialogando com as tradições culturais negras e o universo contemporâneo do teatro no Brasil. Os processos criativos, a construção de uma imagem e imaginário sobre o negro e a multiplicidade de formas e abordagens em distintos contextos de criação.


Ficha Técnica: Curadoria: Lucelia Sergio e Sidney Santiago Kuanza

Entre em contato