Oficina gratuita de dança negra contemporânea ‘Maculelê é o Rei da Valentia’

por Asili Coletiva

Oficina | Todos os estilos de dança

Fortalecendo o Povo Preto – Maculelê é o Rei da Valentia (Dança Negra Contemporânea)

Data: Sábado, de 19 de junho

Horário: das 19h30 às 21h30

Inscrições e informações: Instagram do grupo @asilicoletiva

Classificação: Livre  |  Atividade Gratuita

Vagas limitadas


No próximo dia 19 de junho, o grupo de dança Asili Coletiva realiza a oficina gratuita de dança negra contemporânea ‘Maculelê é o Rei da Valentia’. Direcionada a pessoas de todas as idades (a partir de 05 anos), a atividade permite vivenciar possibilidades de relação de movimentos de dança guerreira. A iniciativa potencializa o aproveitamento de práticas ancestrais que dialogam com a capoeira em seus processos criativos e atuação pedagógica. As inscrições para a atividade encontram-se abertas. As vagas são limitadas.

A oficina orientada pela artista educadora Inajá Tetembuá ocorre em duas partes. Na primeira, a Inajá apresenta o conteúdo a ser promovido, seu histórico e sua própria trajetória enquanto artista. No segundo momento, o aquecimento e mergulho na técnica do maculelê ganham a tônica. Serão trabalhadas ainda práticas e oralidades acerca de elementos musicais afro-brasileiros que dialogam com a linguagem proposta maculelê/capoeira/dança.

A orientadora comenta que a atividade traz a oportunidade de a criança, o adulto e o mais velho caminharem juntos, aprenderem juntos. “Há muita importância da criança fazer junto com o adulto para que ele seja o espelho. Não adianta a criança apenas realizar suas tarefas sem um diálogo, um reconhecimento, uma inspiração. Obviamente, há momentos que necessitam de uma separação, sim. Mas, na construção do indivíduo, daquilo que rege para a vida, todos são beneficiados pelas vivências comuns. O adulto, o mais velho, será uma inspiração para essa criança porque um dia ela será a mediadora, ela será a mais velha”.


‘Maculelê é o Rei da Valentia’

A artista explica que os estímulos físicos se darão a partir da capoeira, da estrutura de peso e contrapeso, da leveza e da força encontrada nessa prática. O benefício da atividade é sustentado pela própria estrutura corporal – tanto de agilidade quanto fortalecimento da musculatura. “Quando você inicia a prática, automaticamente, há um esvaziamento e você foca naquilo que está fazendo. Então, a sua conexão mental estará para com o seu corpo e não fora dele. Estará ali presente, onipresente, com seu corpo, tempo e espaço”, descreve Inajá sobre os benefícios mentais da atividade.

A oficina ‘Maculelê é o Rei da Valentia’ compõe a série de atividades ‘Fortalecendo o Povo Preto’ que tem a curadoria de Breno Andreata, Rafaela Castro e Tatiane Martins. A coordenação artístico-pedagógica é de Felipe Cirilo. A aula integra o projeto Quilombo das Artes do grupo de dança Asili Coletiva, contemplado pelo Programa de Valorização de Iniciativas Culturais (VAI 2), da Secretaria Municipal de Cultura de São Paulo.