Dia do Bailarino em Suzano

por Secretaria Municipal de Cultura de Suzano

mostra | Todos os estilos de dança

Comemorado no dia 1º de setembro, o dia do bailarino é uma data que celebramos uma das profissões mais fascinantes que existe. A Vida de um bailarino é cheia de desafios, um trabalho que exige dedicação e muita disciplina. Sendo assim, a Secretaria de Cultura de Suzano organizou uma programação especial para comemorarmos esse dia.

Bailarinos da cidade de Suzano e Região do Alto Tietê irão se encontrar no Parque Max Feffer (Pavilhão Zumbi dos Palmares) para realizar uma mostra de dança. 
Também receberemos os bailarinos Mateus Vasconcelos e Caroline Nakano com apresentação do espetáculo “Yellow".


13h- abertura do evento (Secretário de Cultura Geraldo Garippo)

13h 15- Início das apresentações (academias da cidade de Suzano e Região do Alto Tietê) modalidades: ballet clássico, dança contemporânea, danças urbanas, dança do ventre, jazz, neoclássico, gospel, dança de salão, entre outras.

16h15-  apresentação do espetáculo Yellow

17h- fala de um profissional da saúde - Agradecimentos e  finalização do evento.


*O projeto Yellow, nasceu da necessidade de trabalhar a campanha do setembro amarelo, cuja o principal objetivo é conscientizar o índice alto de suicídios entre os jovens e o aumento de pessoas que possuem depressão.

No projeto proposto, o ponto de partida será o livro Yellow, onde relata depoimento de um jovem que teve depressão, cujo sua internação trouxe profundas reflexões do seu dia a dia na clínica, retratando a sociedade atual em seu cotidiano.

A partir desta inspiração, este projeto tem como objetivo desenvolver uma obra coreográfica que não ficará presa aos palcos, visto que seu principal propósito será trabalhar aspectos como o acesso e acessibilidade e até mesmo a aproximação do público com os bailarinos. Acesso, pois o espetáculo poderá ser apresentado em ruas, praças, escolas e qualquer espaço público, permitindo que pessoas, as quais muitas vezes não tem a oportunidade de frequentar espetáculos artísticos, possam vivenciar a dança em locais diversos. Além disto, outra característica trabalhada será a interação com o público, levando-o a experimentar sensações, como leituras de cartas e depoimentos e a interferir em trechos pré-determinados da coreografia, por exemplo, através de sua participação.

O projeto também desenvolverá uma discussão com o público em formato de bate-papo, a fim de debater a temática trabalhada.

Imagens
Entre em contato