Cabaça - obra coreográfica em processo

por Vanessa Moraes

ensaio aberto | Dança Contemporânea

Partindo de estudos sobre a construção histórica e filosófica acerca da profanação do corpo feminino - a partir da Caça às Bruxas, introdução do Capitalismo e a colonização do atlântico -,  buscando a relação que faz com que magia, desobediência e decolonialidade sejam troncos da mesma raiz, Cabaça é uma pesquisa que intenciona trazer à cena a corporalização da mulher demonizada e de crenças profanadas. Como mote a tentativa de compreender a relação “Sagrado-Profano” pelo corpo feminino e das práticas e cosmovisões populares, a partir da caracterização do grotesco em cena, assimetrias e brigas e questionamentos ao sagrado imposto pelo colono patriarcal, a intérprete-criadora percorre um caminho de transcendência e expurgo pela fisicalidade.


Ficha Técnica: Concepção, Criação e Dança: Vanessa Moraes | Iluminação: Fernando Melo | Colaboração Artística: Elder Sereni, Marília Balbi, Paula Petreca e Paula Salles. 

Entre em contato
Localização