BRITA: LUGARES VERMELHOS E INVISÍVEIS PARA EXISTIR (26/02)

por Luciane Ramos-Silva e Coletividade

espetáculo | Dança Contemporânea

Temporada Fomento à Dança 2022


“O que pode o corpo quando confronta os desafios da cidade e da crescente bifurcação entre humanismo e vida urbana? Como ocupar frestas, transitar nos desequilíbrios sem se perder ? quais fundamentos nos permitem (re) existir diante de desmontes, escombros e ruídos que atravessam carnes e ossos?

Opostos à inércia, nossos corpos imaginam-se em vôos – sujeitos a quedas e encantamentos.“

FICHA TÉCNICA
Concepção e direção: Luciane Ramos-Silva
Artistas da dança: Michele Mattos, Juliana Jesus, Ricardo Januário, Camila Bosso, Keithy Alves e Luciane Ramos-Silva
Trilha Sonora: Pipo Pegoraro e André Ricardo
Técnico de Luz: Dedé Ferreira
Técnica de Som: JESS
Produção: Otávio Bontempo, Luna Borges | Bomtempo.co
Assistência de cena e produção: Vinícius Bernardo 
Textos: Juliana Jesus ( Pipa ), Vinicius Bernardo ( Visionário), Luciane Ramos-Silva, Conselho Noturno - GLAC Edições 

Este projeto foi realizado com o apoio do Programa Municipal de Fomento à dança para a Cidade de São Paulo - Secretaria Municipal de Cultura, contemplado pela 29º Edição do Fomento a dança da cidade de São Paulo.


É obrigatória a apresentação do passaporte de vacinas e o uso de máscara durante todo o espetáculo.


  • 26/02/2022
  • Sábado: 18:00 - 19:00
  • Entrada gratuita
  • 12 anos
  • Local: Casa de Cultura Campo Limpo
  • Endereço: Aroldo de Azevedo, 100, São Paulo-SP
  • Acessibilidade: Sim
Imagens
Entre em contato