Agenda na Europa e Brasil

por São Paulo Companhia de Dança

espetáculo | Balé Clássico e Dança Contemporânea

São Paulo Companhia de Dança retorna à Europa com 13 apresentações na Alemanha e na Suíça

Enquanto parte do elenco se apresenta no exterior, Companhia realiza atividades educativas no Brasil

A São Paulo Companhia de Dança (SPCD), corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, está de volta aos teatros europeus para mais uma turnê internacional. As já tradicionais apresentações da Companhia na Europa retornam após quase dois anos de hiato devido à pandemia de Covid-19. Em 2021, serão 13 espetáculos em 5 cidades na Alemanha, em novembro, e 2 na Suíça, em dezembro.

O primeiro destino da SPCD é Fürth, onde os bailarinos se apresentam entre os dias 10 e 14 de novembro no palco do Stadttheater Fürth. Na sequência, a Companhia dança no Theater Gutersloh, na cidade homônima, em 17 e 18 do mesmo mês. Depois, o público do Theater IM Forum, em Ludwigsburg, recebe a dança da SPCD nos dias 20 e 21. No final de novembro, é a vez das cidades de Ludwigshafen e Friedrichshafen, em apresentações únicas em 24 e 27, respectivamente, nos teatros Theater in Pfalzbau e Graf-Zeppelin-Haus. Os últimos espetáculos acontecem na Suíça no dia 1º de dezembro, no palco do Equilibre, em Fribourg, e no dia 3, no Théâtre de Beausobre, em Morges.

De forma a revelar ao público da Europa a diversidade de repertório da Companhia, o programa da turnê 2021 inclui as criações brasileiras Melhor Único Dia e Só Tinha de Ser com Você, do coreógrafo residente da SPCD Henrique Rodovalho; Agora, de Cassi Abranches; e Ngali..., de Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castro. Também serão apresentadas as obras Odisseia, assinada pela francesa Joëlle Bouvier, e Anthem, do espanhol Goyo Montero.

As turnês internacionais da São Paulo Companhia de Dança acontecem desde 2010 e são totalmente custeadas pelos contratantes, não sendo necessárias para as suas realizações utilização de recursos provenientes da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Estado de São Paulo. Ao todo, a SPCD já realizou 164 apresentações no exterior, somando um público superior a 217.000 pessoas.

 “É uma grande alegria voltar aos palcos internacionais e expandir o alcance da dança feita em São Paulo para outras partes do mundo. As apresentações da Companhia em diferentes países validam a excelência do nosso trabalho em um mercado competitivo e que conta com a presença de grandes companhias de dança de todo o mundo. Além disso, é uma importante fonte de captação de recursos para a ampliação das atividades em nosso Estado e para a produção artística”, comenta Inês Bogéa, diretora artística e executiva da São Paulo Companhia de Dança.


Atividades no Brasil

Enquanto a turnê acontece na Europa, parte do elenco da Companhia presente em São Paulo se prepara para diferentes atividades gratuitas, com destaque para a retomada de apresentações nas Fábricas de Cultura e visitas do projeto Meu Amigo Bailarino.

Em parceria com o Catavento Cultural, a SPCD retorna aos palcos das Fábricas de Cultura para dançar o programa Mamihlapinatapai, de Jomar Mesquita com colaboração de Rodrigo de Castro, Pas de Deux de Esmeralda, em versão de Duda Braz, e Pivô, de Fabiano Lima. Os espetáculos acontecem de modo gratuito nas unidades de Sapopemba (11/11), Itaim Paulista (18/11) e Cidade Tiradentes (25/11).

A Companhia também visita diferentes instituições sociais por meio do projeto Meu Amigo Bailarino, que leva a dança para palcos não convencionais em um movimento de ampliação do acesso a essa arte. Os bailarinos vão se apresentar e interagir com o público atendido pelas instituições CCA São José do Operário (12/11), EMEI Aparecida Candida dos Santos de Jesus (20/11), EPG Dorcelina de Oliveira Folador (23/11) e, por último, a unidade do Projeto Guri no CEU São Carlos em parceria com a Santa Marcelina Cultura (30/11).

Além dessas atividades, acontecem no período outras ações como workshops, espetáculos, aulas abertas, lançamentos do selo #SPCDdigital e audições para contratação de bailarinos e bailarinas.

A programação completa da SPCD pode ser conferida no site da Companhia (www.spcd.com.br/agenda) e acompanhada nos perfis oficinais nas redes sociais: Facebook (@spciadedanca), Instagram (@saopaulociadedanca), Twitter (@spciadedanca), YouTube (São Paulo Companhia de Dança), LinkedIn (sao-paulo-companhia-de-danca) e Spotify (São Paulo Companhia de Dança).


SÃO PAULO COMPANHIA DE DANÇA

Direção Artística e Executiva | Inês Bogéa

Criada em janeiro de 2008, a São Paulo Companhia de Dança (SPCD) é um corpo artístico da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Governo do Estado de São Paulo, gerida pela Associação Pró-Dança e dirigida por Inês Bogéa, doutora em Artes, bailarina, documentarista e escritora. A São Paulo é uma Companhia de repertório, ou seja, realiza montagens de excelência artística, que incluem trabalhos dos séculos XIX, XX e XXI de grandes peças clássicas e modernas a obras contemporâneas, especialmente criadas por coreógrafos nacionais e internacionais. A difusão da dança, produção e circulação de espetáculos é o núcleo principal de seu trabalho. A SPCD apresenta espetáculos de dança no Estado de São Paulo, no Brasil e no exterior e é hoje considerada uma das mais importantes companhias de dança da América Latina pela crítica especializada. Desde sua criação, já foi assistida por um público superior a 764 mil pessoas em 17 diferentes países, passando por cerca de 145 cidades em mais de 1.000 apresentações e acumulando mais de 30 prêmios nacionais e internacionais. Além da Difusão e Circulação de Espetáculos, a SPCD tem mais duas vertentes de ação: os Programas Educativos e de Sensibilização de Plateia e Registro e Memória da Dança.


INÊS BOGÉA - Direção Artística e Executiva | Inês Bogéa é doutora em Artes (Unicamp, 2007), bailarina, documentarista, escritora, professora nos cursos de especialização Arte na Educação: Teoria e Prática da Universidade de São Paulo (USP) e Pós-Graduação em Linguagem e Poética da Dança: Documentário, Memória e Dança da Universidade Regional de Blumenau (FURB) em parceria com a Fundação Fritz Muller (FFM). É autora do “Por Dentro da Dança” com a São Paulo Companhia de Dança na Rádio CBN. De 1989 a 2001, foi bailarina do Grupo Corpo (Belo Horizonte). Foi crítica de dança da Folha de S. Paulo de 2001 a 2007 e integrou o júri técnico/crítico do quadro Dança dos Famosos do programa Domingão do Faustão/TV Globo de 2016 a 2021. É autora de diversos livros infantis e organizadora de vários livros. Na área de arte-educação foi consultora da Escola de Teatro e Dança Fafi (2003-2004) e consultora do Programa Fábricas de Cultura da Secretaria de Cultura do Estado (2007-2008). É autora de mais de quarenta documentários sobre dança. 

  • De 10/11/2021 até 03/12/2021
  • Entrada gratuita
  • livre
  • Website: http://www.spcd.com.br
  • Local: Brasil e Europa
  • Endereço: Brasil e Europa,
  • Acessibilidade: Não